20/09/2013 | O primeiro homem foi criado à imagem de Deus. Se ele tivesse se submetido à vontade de Deus,

Uma palavra aos Jovens - por Paul Washer

LEMBRE-SE DA BREVIDADE DA VIDA
O primeiro homem foi criado à imagem de Deus. Se ele tivesse se submetido à vontade de Deus, ele teria sido imortal. Ele passaria pelos anos da sua interminável existência de força a força, sem deterioração ou decadência. A passagem do tempo o teria levado a maiores níveis de maturidade, contentamento, e alegria. Sua existência teria abundado com propósitos e glória. Com o advento do pecado, tudo foi perdido, e a existência dos homens tornou-se tragicamente distorcida e deformada acima de reconhecimento. O homem ficou um mortal de breve duração, cansaços, e futilidades. Ele agora vive a sua vida até que toda a sua vitalidade é esgotada, todos os seus propósitos são demolidos, e o corpo finalmente volta ao pó do qual ele veio. Não é sem razão que o pregador grita, “Vaidade de vaidades! Tudo é a vaidade” (Eclesiastes 1:2). Como um moço ou moça, você deve constantemente lutar contra a tentação de esquecer-se da brevidade da vida e da vaidade, até da vida mais longa, vivida fora da vontade de Deus. Você deve aprender das Sagradas Escrituras que a sua vida é menos que um vapor. Você deve ficar convencido desta verdade, e, então, você deve estabelecê-la diante de você como um lembrete constante. Você é mortal e os seus dias são numerados!
“Quanto ao homem, os seus dias são como a erva, como a flor do campo assim floresce. Passando por ela o vento, logo se vai, e o seu lugar não será mais conhecido.” (Salmo 103: 15, 16; ACF). “Vocês são como a neblina que aparece por um pouco de tempo e depois se dissipa.” (Tiago 4: 14; NVI).
Você sabe que a Bíblia é verdadeira. Você sabe que a morte é uma certeza para você. Cada lápide e elegia testemunha a realidade inescapável que você vai morrer. E mesmo assim, como é que você tão rapidamente se esquece e se entrega às vaidades passageiras desta vida? É porque você é rodeado por uma cultura que faz tudo ao seu alcance para evitar algum pensa-mento sobre o fim de vida. É porque o deus deste século trabalha com toda a sua astúcia para mantê-lo entretido e distraído. É porque, embora você tenha sido remido, você ainda vive em um corpo da carne, decaído, que corre para tudo que é carnal e temporal. Conhecendo essas coisas, você faria bem em memorizar e orar muito a oração de Davi no Salmo 39: 4:
“Mostra-me, Senhor, o fim da minha vida e o número dos meus dias, para que eu saiba quão frágil sou.” (NVI)
Manter a sua mortalidade na frente de seus pensamentos não tem como objetivo ser mórbido ou se lamentar como aqueles que não têm nenhuma esperança, mas compeli-lo a esperar em Cristo somente e dar-se de todo coração à Sua vontade para sua vida. Só em Cristo a sepultura é consumida pela vitória, e a futilidade temporal substituída pelo propósito eterno e glorioso de Deus para você.
LEMBRE-SE DO SEU CRIADOR
Conhecendo algo da brevidade da vida, “Como então viveremos?”. O escritor de Eclesiastes responde a esta pergunta para nós na forma de uma ordem: “
“Lembre-se do seu Criador nos dias da sua juventude...” (Eclesiastes 12: 1).
A palavra “lembrar” vem do he-breu “zakar” que significa chamar ou trazer à memória. Esta ordem de lembrar-se de Deus é mais que uma lembrança casual que há um Deus. Ela significa mais do que simplesmente curvar a sua cabeça cada vez que você passa pela igreja. Não é uma ordem cumprida simplesmente indo à igreja cada vez que as portas se abrem. É uma ordem radical e transformadora de vida para conhecermos e entendermos o Deus das Escrituras, reconhecermos a sua soberania em todas as coisas, buscarmos a sua glória em todas as coisas, e esforçarmo-nos para obedecer Ele em todas as coisas.
A grande importância desta ordem fica clara quando você se lembra que vocês são constantemente bombardeados com distrações temporais projetadas para fazê-lo esquecer do valor de Deus e dos prazeres da Sua vontade. A menos que você proponha o seu coração a lembrar-se de Deus e usar cada meio a sua disposição para permanecer fiel àquele propósito, você cairá em vaidade e a sua vida será desperdiçada! Considere cuidadosamente o que escrevi. Não estou pedindo que você simples-mente concorde comigo. Estou suplicando para que você PROPONHA em seu coração fixar os seus olhos em Deus como se a sua vida dependesse disso (porque depende) e a ativamente, agressivamente, até violentamente (Mateus 11.12) procurar e usar cada meio ao seu alcance para impedir ser distraído e cair na vaidade desta geração perversa! É importante observar que o pregador de Eclesiastes não só nos ordena a lembrarmos de Deus, mas ele nos diz o tempo mais conveniente para fazer isto - os dias da nossa juventude. Não é bom preparar-se para uma bata-lha no fim da batalha, ou esperar até a última volta da corrida para amarrar o seu tênis. Do mesmo modo, é uma idéia ridícula (encontrada na cabeça de muitos jovens) que devemos adiar viver para Deus até o fim da vida e geralmente depois que boa parte da vida foi desperdiçada. Não seja como o filho pródigo que “caiu em si” só depois de desperdiçar a sua fortuna e a força da sua juventude. Caia em si nos dias do início da sua vida. Estabeleça o seu coração para buscar a Deus agora - para conhecê-Lo, adorá-Lo, servi-Lo, e alegrar-se na bondade dEle. Como alguém mais velho do que você, como um embaixador para Cristo, como se Deus mesmo fizesse um apelo através de mim, peço-o em nome Cristo, não desperdice a sua vida.
“Por que gastar dinheiro naquilo que não é pão, e o seu trabalho árduo naqui-lo que não satisfaz? “Escutem, escutem-me, e comam o que é bom, e a alma de vocês se deliciará com a mais fina refeição.” (Isaias 55:2; NVI).
ESTABELEÇA O SEU CORAÇÃO PARA SEGUÍ-LO
Estou hesitante em usar este tipo de linguagem com você porque temo que você entenderá errado. Para a maior parte dos Cristãos, a admoestação “seguir a Deus ” traz pensamentos de dever, obediência, e ministério, mas essas coisas por elas mesmas somente o deixaram cansado, sem vida e amargurado. Eu já estive neste caminho e eu farei tudo ao meu alcance para livrá-lo dele. Ele leva a um lugar horrível! Quando falo de seguir a Ele, estou primeiramente me referindo a relacionar-se com Sua pessoa; reconhecê-lo e compartilhar com Ele cada experiência; comprometer-se em não se esconder dEle ou deixá-lo fora de algumas áreas da sua vida; ver tudo como sagrado e nada como mundano; permitir que Ele tenha proeminência em cada momento da sua vida, cada pensamento na sua cabeça, cada palavra que provém da sua boca, e cada trabalho que você se esforça em fazer - andar, falar, comer, beber, rir, gritar, trabalhar, jogar - experimentando tudo isto Nele, por Ele, para Ele, e acima de tudo COM Ele! Você percebe como você pode fazer qualquer coisa pelas razões erradas? Você pode ter um ministério pela satisfação pessoal ou pela fama que ele pode trazer. Você pode até crescer em conhecimento e piedade pela reputação que isso pode trazer para você entre outros crentes. Mas é o coração verdadeiro e fiel que busca só estar com Ele pela motivação de estar com Ele! Você pode considerar-me um cristão maduro, que aprendeu muitas coisas, mas eu estive tão errado de tantas formas. E este foi o meu maior erro: eu sempre me esforcei muito para realizar algo, quando eu deveria ter me esforçado muito somente para estar com Ele! Sim, meu caro jovem cristão, você pode até desperdiçar momentos preciosos da sua vida no trabalho de ministério e missões! Lembre-se disto: confinar Deus a um tempo de meditação é grotesco, reduzir o discipulado a somente obediência é patético, e fazer do ministério outra coisa que não a vida de Cristo fluindo do seu íntimo relacionamento com Ele é fazer nada mais que um trabalho estúpido da carne.
LEIA A BÍBLIA
Eis agora uma novidade! Uma das maiores coisas que um jovem cristão pode fazer é a prática de ler a Bíblia sistematicamente de Gênesis a Apocalipse repetidas vezes ao longo da vida. Se você pode, faça assim nas línguas originais que é até melhor, mas eu só conheço um punhado de homens que são capazes de tal coisa, e não sou um deles. A maior parte do conhecimento dos cristãos das Escrituras é muito fragmentado, porque eles só leram partes da Bíblia. Conheci indivíduos que eram brilhantes em certos aspectos de doutrina, mas muito fracos no conhecimento geral da Bíblia. Para evitar este buraco, você deve ler a Bíblia SISTEMATICAMENTE de capa a capa. Ninguém em sã consciência leria um livro de literatura saltando para cá e para lá pelo livro e lendo só certos capítulos. Eles começariam do começo e seguiriam progressivamente pelo livro, capítulo por capítulo, até que eles chegassem ao fim. E ainda assim, muitos poucos cristãos já leram a Bíblia deste jeito! Lembre-se: a Bíblia é a Palavra inspirada e infalível de Deus entregue a nós em forma de livro. Para entendê-la no total e em parte, devemos ler toda ela! Um dos modos mais recompensadores de aprender as Escrituras é escrever as suas reflexões e perguntas enquanto você lê. Cada vez que você passar pelas Sagradas Escrituras você notará isto: você é capaz de responder muitos das suas velhas perguntas e que novas perguntas vieram a mente. Você também será capaz de refinar e clarear muitos das suas reflexões prévias. Desta forma, você aprenderá que a Bíblia é o melhor comentário dela mesma. Uma palavra de alerta: a maior parte de pessoas nunca lê a Bíblia inteira porque eles se desgastam tentando entender tudo, ou tentam escrever um comentário em cada livro. Ofereço duas sugestões: primeiro, não fique atolado. Escreva breves resumos e as perguntas e continue lendo. Em segundo lugar, só escreva aquelas reflexões que Deus colocou sobre o seu coração para lembrar-se. SEJA BREVE! Já temos bastantes comentários para levar à falência cada estudante de seminário na terra! A um cristão jovem, a Bíblia pode parecer incrível. Isto nunca se modificará. A Bíblia é incrível! Ela contém mais verdades sobre Deus do que qualquer homem irá compreender ou obedecer. Ainda assim, é uma magnífica viagem ler por suas páginas e não só aprender, mas ser transformado. O Cristianismo requer que a mente esteja totalmente engajada, mas não apenas ou até principalmente sobre o intelecto. É sobre conhecer Deus de um modo pessoal e íntimo, e ser transformado na semelhança de Seu Filho. Não fique desencorajado! Cada dia que você lê à Palavra de Deus faz com que conseqüentemente você chegue a anos de estudo e uma riqueza de conhecimento bíblico. Cada dia perdido reduzirá o tamanho deste tesouro final.
ORE
Eu divido a minha oração em duas categorias distintas: Oração nos meus sapatos de passeio e oração nas minhas botas de trabalho. A primeira categoria refere-se à comunhão, adoração, e ação de graças. É andar com o Deus como um companheiro presente em todos os momentos, desfrutando de sua companhia, e buscando maiores e maiores manifestações da Sua presença. Este tipo de oração tem um objetivo – conhecê-lo e simplesmente “estar” com Ele. Sem este tipo de oração, todo o conhecimento na sua cabeça nunca será nada mais do que jargões teológicos de segunda mão. Você passará a sua vida inteira falando correta-mente de alguém que você nem sabe quem é e sobre coisas que nunca se tornaram realidades em a sua vida. Ouvi pessoas dizerem que elas não têm um tempo específico com Deus deste jeito, mas eles conversam com Deus durante o dia enquanto eles fazem suas atividades diárias. A minha experiência diz que a capacidade de “praticar a presença de Deus” através do dia e no meio de minhas atividades só são possíveis porque eu separei-me das minhas atividades diárias e busquei a Deus em tempos específicos de oração. Isto parece ter sido a prática do nosso Senhor Jesus Cristo durante a sua encarnação:
“De madrugada, quando ainda estava escuro, Jesus levantou-se, saiu de casa e foi para um lugar deserto, onde ficou orando.” (Marcos 1:35).
A segunda categoria de oração – oração nas minhas botas de trabalho - refere-se à oração intercessora. Não deixe ninguém o enganar. Este tipo de oração é trabalho duro! Não é uma pequena coisa para um homem mortal lutar com Deus (Gênesis 32:24-32) e contra o diabo (Efésios 6:12). Os desafios são altos e tudo é ganho ou perdido neste campo de batalha. Perseveramos em oração para a glória de Deus, a Grande Comissão, e o avanço do Reino (Mateus 6:9-10); perseveramos em oração pela preservação e santificação da Igreja; trabalhamos em oração para cada necessidade e para o cumprimento de cada promessa que Deus deu. Isto pode muito bem ser a tarefa mais sagrada dada a homens! Terminarei o tópico da oração com um conselho que foi muito útil para mim. Foi-me dado por um pregador mais velho, que o recebeu de um pregador ainda mais velho. É algo assim:
“Ore até que você possa orar, e então ore até que você tenha orado.”
Muitas vezes, quando curvamos os nossos joelhos em oração, nós não sentimos a liberdade ou poder para orar. Parece que há um céu de bronze em cima de nós. Isto não deve ser uma causa de desânimo, mas isto deve levar-nos a lutar em oração até que tenhamos “rompido os céus” até Deus. E é então que devemos pôr-nos a orar até que as nossas cargas tenham sido levadas e saibamos que, de fato, oramos.
PROCURE COMPANHEIROS DEVOTOS
Correndo o risco de lhe ofender, eu devo dizer que se você for jovem, há provavelmente muitas coisas tolas ainda amarradas em seu coração (Provérbios 22: 15). Se as maiores influências em sua vida são outros jovens como você, então você é um companheiro de tolos e está andando um caminho perigoso. As Escrituras ensinam uma verdade que pode salvar vidas, mas que é muitas vezes negligenciada hoje:
“Aquele que anda com os sábios será cada vez mais sábio, mas o companheiro dos tolos acabará mal.” (Provérbios 13: 20; NVI)
A idéia de um “abismo entre as gerações” nasceu da contracultura sem Deus da dos anos 60 e foi completa-mente adotada agora pela maior parte de igrejas. A idéia que pessoas jovens têm de estar com outras pessoas jovens é uma direta contradição às Sagradas Escrituras. Embora momentos com outros jovens possam ser tanto agradável como útil, as Sagradas Escrituras ensinam que cristãos jovens têm de estar com os cristãos mais velhos e mais maduros para que eles possam aprender os seus caminhos e evitar as ciladas da juventude e da inexperiência. Segundo as Escrituras, as maiores influências na sua vida devem ser os seus pais, na condição que eles sejam devotos e maduros. Depois deles, é o papel dos anciãos da igreja e de toda congregação adulta modelar a vida cristã para você. Resumindo, você fará bem em rodear-se de homens e mulheres cujo progresso em santificação e serviço a Deus é evidente. Conheça não só os cristãos de nosso tempo, mas também os santos do passado pelos seus escritos e os escritos de outros sobre eles.
FUJA DAS PAIXÕES DA MOCIDADE
Em Efésios 6:10-12, você é ordenado a resistir ao diabo. Em Tiago 4:7 há a garantia que se você resistir a ele, ele fugirá de você. Ainda assim, em II Timóteo 2:22 você é ordenado a fugir das paixões da mocidade. É um tanto assombroso ver que você é ordenado a ser forte, resistir e lutar contra anjos caídos, e ao mesmo tempo, você é ordenado a fugir com medo das paixões da mocidade. Isto demonstra que a paixão da sua carne e a sensualidade desenfreada da sua cultura é mais perigosa do que uma batalha face a face com o diabo. Eu conheço inúmeros jovens cristãos que demonstraram evidências genuínas de conversão, e ainda assim ao entrar em uma relação com o sexo oposto, eles caíram em imoralidade. Eu sei que eles memorizam as Sagradas Escrituras, oram, e até jejuam para serem puros na sua relação, e mesmo assim eles caíram. Por quê? Porque eles não entenderam que todas as disciplinas espirituais das Sagradas Escrituras não poderiam salvá-los das paixões da juventude. Eles tentavam lutar uma batalha enquanto Deus ordenou eles a fugir. Resumindo: Você não pode ficar sozinho em um relacionamento com uma pessoa do sexo oposto durante um período extenso de tempo sem cair. Por isso, vocês nunca devem ficar sozinhos em uma casa, carro, ou qualquer outro lugar onde a luxúria e os desejos podem ser acesos e o fracasso é certo.
ENTREGUE-SE A PROPÓSITOS NOBRES
Eu vejo jovens cristãos na universidade desperdiçando o seu tempo jogando vídeo-game, indo a shoppings e cinemas. Eles deveriam estar buscando objetivos mais nobres! Você foi não comprado pelo sangue do Cordeiro para dar-se a tais coisas. Você foi adotado em uma família real e feitos nobres são esperados de você. Evite o entretenimento despreocupado da idade e se entregue à vontade de Deus. As Escrituras declaram em II Timóteo 2:20-21: “Ora, numa grande casa não há somente utensílios de ouro e de prata; há também de madeira e de barro. Alguns, para honra; outros, porém, para desonra. Assim, pois, se alguém a si mesmo se purificar destes erros, será utensílio para honra, santificado e útil ao seu possuidor, estando preparado para toda boa obra.” Você deseja ser um vaso para honra e usado para propósitos nobres? Você deseja ser um instrumento nas mãos do Mestre? Então se livre dos jogos tolos de menininhos e menininhas fúteis, e torne-se o homem ou mulher que você foi chamado para ser. Acredito que foi A.W. Tozer quem disse que na lápide da América seriam escritas as palavras, “Eles se divertiram até a morte”. Isto é um epitáfio patético, quando comparado ao que foi dito sobre o Rei Davi: “ [Ele] serviu ao propósito de Deus na sua própria geração, caiu adormecido, e foi posto junto de seu pais ... ” Que legado você deixará? O que será esculpido na sua lápide? Mais importante, o que irá Deus declarar sobre a sua vida durante o grande Dia do Juízo que o espera? Que Deus possa ter misericórdia de você e conceder-lhe graça para superar de longe o caráter e feitos daquele que lhe está escrevendo esta carta.
Seu irmão, Paul David Washer
 
FONTE: Voltemos ao Evangelho
Voltar
LEIA MAIS
 
08/08/2013
Esperança para os Homossexuais - Por John MacArthur
________________________
09/08/2013
A figura do pastor profissional uma realidade de nossos dias - Por Márcio Jones
________________________
09/08/2013
Não me chamem de Bispo!!! - por John Wesley
________________________
09/08/2013
O Amor às Ovelhas ou o Dinheiro Delas? - por Richard Baxter
________________________
17/08/2013
Stand up Gospel, Uma nova forma de pregação - por Renato Vargens
________________________
19/08/2013
A Palavra Shekinah está mesmo na Bíblia? - Por Marcelo de Oliveira
________________________
21/08/2013
Crer em Deus Não é Prova de Salvação - por Jonathan Edwards
________________________
30/08/2013
Onde Estão Os Elias De Deus? - por Leonard Ravenhill
________________________
04/09/2013
Como assim, \"não toqueis no ungido do Senhor...\"?! - por Augustus Nicodemus Lopes
________________________
06/09/2013
Evangelho não em Palavras mas em Poder - por Robert Murray M\'Cheyne
________________________
09/09/2013
O Poder da Oração - por David Wilkerson
________________________
11/09/2013
A Coisa mais Importante no Mundo é ser Salvo - por John Piper
________________________
17/09/2013
Unção com óleo - por Zilton Alencar
________________________
20/09/2013
Uma palavra aos Jovens - por Paul Washer
________________________
21/09/2013
Dois sinais claros da autenticidade de seu cristianismo - por Jonathan Edwards
________________________
25/09/2013
A Velha e Nova Cruz - por A. W. Tozer
________________________
02/10/2013
A verdadeira fé Persevera – por Jonathan Edwards
________________________
09/10/2013
Distorcendo a Missão da Igreja - por John MacArthur
________________________
16/10/2013
10 Características de um falso Profeta - por Renato Vargens
________________________
17/10/2013
Verdades Fundamentais – por David Brainerd
________________________
17/10/2013
Como vencer as tentações - por David Wilkerson
________________________
23/10/2013
Verdadeiro Amor a Cristo! - por C. H. Spurgeon
________________________
24/10/2013
O Cajado do Peregrino - por Robert Murray M\'Cheyne
________________________
28/10/2013
7 Características de Falsos Mestres - por Thomas Brooks
________________________
30/10/2013
Em tempos de desânimo - por David Wilkerson
________________________
31/10/2013
Lutero, Bunyan, a Bíblia e o Sofrimento - por John Piper
________________________
05/11/2013
A beleza da santidade - por Arthur W. Pink
________________________
05/11/2013
Crentes Incrédulos - por Leonard Ravenhill
________________________
13/11/2013
O Coração Quebrantado - por Robert Murray McCheyne
________________________
13/11/2013
Creia na Palavra Dele - por David Wilkerson
________________________
16/11/2013
Porquanto, para mim, o viver é Cristo, e o morrer é lucro – por Thomas Watson
________________________
20/11/2013
O que é Santidade? - por Augustus Nicodemus Lopes
________________________
01/12/2013
A Incapacidade de Vir a Cristo – por Robert Murray M´Cheyne
________________________
01/12/2013
Quem Dizem Que Eu Sou? – por John MacArthur
________________________
03/12/2013
Pintemos Um Noite Escura – por Paul David Washer
________________________
07/12/2013
Amor Que é Verdadeiro – por John Bunyan
________________________
07/12/2013
Aplicação do Amor a Cristo – por John Flavel
________________________
12/12/2013
Entregue à Morte - por David Wilkerson
________________________
12/12/2013
Fé Salvadora - por Arthur W. Pink
________________________
13/12/2013
Avivamento Infelizmente, ainda não. - por Augustus Nicodemus Lopes
________________________
16/12/2013
Importa-vos nascer de novo (João 3.7) - por Thomas Boston
________________________
19/12/2013
Lutar pela verdade é preciso - por Augustus Nicodemus Lopes
________________________
23/12/2013
Não Conhecemos o Evangelho de Jesus Cristo - por Paul Washer
________________________
26/12/2013
Falsos mestres não são os únicos vilões - por Paul Washer
________________________
01/01/2014
Sete dicas preciosas para um Marido fazer sua Esposa mais feliz - por Renato Vargens
________________________
04/01/2014
Por que as campanhas e correntes evangélicas são prejudiciais à fé cristã e, sobretudo, antibíblicas? - por Leonardo Dâmaso
________________________
08/01/2014
A Loucura do Evangelho ou as Loucuras dos Evangélicos? - por Augustus Nicodemus Lopes
________________________
17/01/2014
Precisamos De Unção Nos Púlpitos E Ação Nos Bancos - por Leonard Ravenhill
________________________
24/01/2014
Uma mistura de barro, sujeira e corrupção - por Thomas Vincent
________________________
27/01/2014
Aí Então o Senhor Virá! - por David Wilkerson
________________________
04/02/2014
Geração De Davi? Ora, Não Me Faça Rir - por Zilton Alencar
________________________
11/02/2014
Como Reconhecer uma Seita? - por Augustus Nicodemus Lopes
________________________
17/02/2014
Cachorro mordido por pastor tem medo de pastor - por Walter McAlister
________________________
21/02/2014
Cobertura espiritual, isso é bíblico? - por Thomas Magnum
________________________
23/02/2014
Pregação Chocante (Transcrita) – por Paul Washer
________________________
11/03/2014
A vida diária de um apóstolo de verdade. - por Augustus Nicodemus Lopes
________________________
31/03/2014
Nossos Cultos São Verdadeiros? - Por Luiz Fernando R. de Souza
________________________
21/04/2014
Como Estiver A Igreja, Assim Estará O Mundo - por Leonard Ravenhill
________________________
26/05/2014
Libertação, Vitória, Causas Impossíveis, Prosperidade Financeira, "Um culto para as minhas necessidades" - por Robson C. Ortolani
________________________
25/06/2014
Perseguidos Por Causa De Cristo? - por Augustus Nicodemus Lopes
________________________
22/07/2014
Jovens Cristãos Contra Verdadeiro Mundanismo - Por Rafael Durand
________________________
18/08/2014
A Beleza de Cristo Mata o Orgulho e Humilha a Alma - Por Jonathan Edwards
________________________
01/09/2014
O Pequeno Rebanho dos Pequenos – por George Whitefield
________________________
22/09/2014
Então você quer pecar, certo? - por Tim Challies
________________________
25/09/2014
Preparando Meu Coração Para Aquele Dia - Por George Muller
________________________
28/10/2014
Precisamos Novamente de Homens de Deus - Por A. W. Tozer
________________________
03/11/2014
O Batismo de Crentes é o Único Batismo Bíblico e Verdadeiro! - Por C. H. Spurgeon
________________________
25/11/2014
Busque A Deus De Todo o Seu Coração - Por Bob Jennings
________________________
22/12/2014
A Santificação não é Opcional – por Martyn Lloyd-Jones
________________________
29/12/2014
Sem Nova Natureza Emoções Religiosas não são Espirituais – por Jonathan Edwards
________________________
07/01/2015
O Verdadeiro Testemunho Cristão - Por Ruy Cavalcante
________________________
19/01/2015
A Ostentação Gospel e o Estilo De Vida Proposto Por Cristo - Por Antognoni Misael
________________________
09/02/2015
A adoração em sua igreja é mais pagã do que cristã? - Por Todd Pruitt
________________________
17/03/2015
O Efeito do Pecado - Paulo Junior
________________________
15/04/2015
Seguindo a Deus de perto - A. W. Tozer
________________________
25/05/2015
A Fé Ri das Impossibilidades - por Leonard Ravenhill
________________________
17/06/2015
Apascentando Ovelhas ou Entretendo Bodes? – por Charles Spurgeon
________________________
26/06/2015
Devemos ou não expor os falsos mestres da teologia da prosperidade? - Por Joaquim de Andrade
________________________
17/07/2015
Custará Tudo a Você - por Steve Lawson
________________________
30/07/2015
A Igreja de Cristo é Uma Só - Paul David Washer
________________________
21/08/2015
Meditando sobre o céu - por Richard Baxter
________________________
07/09/2015
Arrependimento é Deixar o Pecado por - D. L. Moody
________________________
21/09/2015
Condene o Falso Ensino – por M. Lloyd-Jones
________________________
13/10/2015
Avivamento – Paulo Junior
________________________
02/11/2015
A Frieza com as Almas - por Richard Baxter
________________________
23/11/2015
Entusiasmo no Louvor não é Sinal de Conversão – por Jonathan Edwards
________________________
07/12/2015
O Entretenimento na igreja é uma lepra - por C. H. Spurgeon
________________________
21/12/2015
Cristianismo incomparável entre as religiões - por Bob Jennings
________________________
30/12/2015
O Que é Orar em Nome de Jesus? - Por John Bunyan
________________________
05/01/2016
A Diferença - Por Paris Reidhead
________________________
15/01/2016
A Maldição do Homem Moderno - Por A.W. Tozer
________________________
27/01/2016
Sexo Cristão - C. S. Lewis
________________________
19/02/2016
O que está errado com a teologia da prosperidade? – por Augustus Nicodemus
________________________
29/02/2016
A Cruz é Algo Radical - Por A. W. Tozer
________________________
08/03/2016
Me Pareço com “ELE”? – Paulo Junior
________________________
16/03/2016
A Presença Perdida de Deus - Por Martyn Lloyd Jones
________________________
21/03/2016
Trabalhadores Cristãos - Por A. W. Pink
________________________
06/04/2016
Como se conduzir na Caminhada Cristã – por Jonathan Edwards
________________________
18/04/2016
Mercado Gospel – por Paulo Junior
________________________
06/05/2016
“Eu quero ser salvo!” Então venha, não espere! - por Tim Conway
________________________
17/05/2016
Orando em Secreto - Por David Wilkerson
________________________
08/06/2016
Por que a juventude cristã é tão infantil? - por Lucas Freitas
________________________
19/06/2016
Devemos dar dízimo e ofertas ou só ofertas? - por Robson Ortolani
________________________
16/07/2016
O Louvor Liberta? - Por Antognoni Misael
________________________
03/08/2016
Quatro Razões para Buscar a Deus Apaixonadamente - Por John Piper
________________________
08/08/2016
Como Passar o Dia com Deus - por Richard Baxter
________________________
21/08/2016
A Videira e os Ramos - por Paul Washer
________________________
15/09/2016
A Igreja Evangélica Brasileira Está Crescendo…Mas, Será que Esse Crescimento é Saudável? - Paulo Junior
________________________
27/10/2016
Poder do Alto - Por Charles Finney
________________________
18/12/2016
07 Tipos de canções que não devemos cantar em nossas igrejas - por Renato Vargens
________________________
10/01/2017
Como você se sentiria se os seus Pensamentos fossem mostrados pela TV em rede nacional? - Kevin Williams
________________________
14/01/2017
Batismo ou Cristo? - por Charles Leiter
________________________
 
Ver todas



Gostou? Então compartilhe: